Hidroterapia

Hidroterapia ou Fisioterapia Aquática

É uma atividade terapêutica que tem como objetivo utilizar os recursos de uma piscina preparada especificamente para estes fins. O fisioterapeuta é o profissional autorizado para utilizar os princípios físicos da água com intuito de reabilitação física em pacientes com diversas patologias.

O grande diferencial do tratamento é que os princípios físicos da água ajudam os pacientes a realizarem seus exercícios mais facilmente devido à diminuição da descarga de peso, da facilitação de alguns movimentos melhorando a amplitude de movimento, da leve resistência que a própria água realiza iniciando um fortalecimento leve sem que o paciente sinta dor, melhora da circulação periférica diminuindo edemas, diminuição de espasmos e espasticidades e alívio de dores articulares facilitando assim um relaxamento.

A hidroterapia pode ser utilizada por pacientes com diversificadas patologias:

  • Alterações neurológicas: Como AVC, TCE, Lesado Medular, Paralisia Cerebral, Parkinson, Guillain-Barré e Esclerose Múltipla;
  • Alterações ortopédicas: Pós cirúrgicos em geral, Lombalgia, Espondilolistese, Lesões múltiplas seguida de traumas e qualquer disfunção com espasmo muscular, diminuição de amplitude de movimento e dor;
  • Alterações reumatológicas: Osteoartrite, Artrite reumatóide, Lúpus, Fibromialgia entre outras;
  • Pós-mastectomia;
  • Trabalho terapêutico com gestantes.

Contra-indicações:

  • Estados febris;
  • Infecções em geral;
  • Dificuldade ou insuficiência respiratória aguda;
  • Alterações da pressão arterial não controlada;
  • Cardiopatia severa;
  • Grandes feridas abertas ou úlceras;
  • Incontinência fecal e ou urinária imprevisível.

Água, elemento que cura

Talvez, o caminho para a felicidade esteja no “bem estar”, no “sentir-se bem”, na “auto-estima”, na “motivação”, ou seja, em tudo que a água tende a proporcionar, quando utilizada como recurso terapêutico, A flor de lótus, símbolo presente na historia desde antigo Egito, evoca o simbolismo do “renascimento”, ao amanhecer esta espécie aquática, emerge voltando-se para o leste contemplado o sol e ao anoitecer submerge e reserva-se para o novo amanhecer, quando novamente prestará honras ao sol, o que também nos remete a idéia de renovação.

A água, quando utilizada como recurso terapêutico proporciona ao ser humano a oportunidade de do “renascimento” e da “renovação”, o que certamente nos remete ao caminho da felicidade.

Precisar na historia, quando pela primeira vez o homem, ao banhar-se em uma fonte d’água, ou na corredeira de um rio, obteve o alivio para suas dores, é praticamente impossível. No entanto, o progresso e ciência possibilitam o entendimento dos efeitos terapêuticos relacionados a este tão precioso elemento da natureza e atualmente, nos valemos destes para prover saúde, que em outras palavras, significa bem estar físico, mental e social.

Podemos empregar este recurso, de diversas maneiras em inúmeras situações, a água pode ser empregada na forma liquida, por meios de banhos terapêuticos ou movimentos em situação de imersão, com ou sem variação de temperatura, na forma de vapor (saunas) e na forma sólida (gelo), de um modo geral, e dependendo da forma empregada, podem-se proporcionar os seguintes efeitos:

  • Alivio das dores e de espasmos musculares;
  • A manutenção e ou ganho da amplitude de movimentação das articulações;
  • O relaxamento;
  • Estimulação e reeducação da função muscular;
  • Desenvolvimento de sua força e resistência muscular;
  • Otimização das atividades funcionais globais;
  • Antiinflamatório;
  • Adequação dos volumes e capacidades pulmonares;
  • Otimização do trabalho cardíaco.

Baseado, nestes efeitos e em minutos outros, voltados principalmente ao estado psicológico e moral, é que podemos então aplicar este recurso a diversas situações de tratamento prevenção de doenças ou como agente promotor de qualidade de vida e oportunidade de “renovação” e “renascimento” sejamos todos flor de lótus!

FONTE: Revista Imediata - Agosto 2011 - Ano 9 - n°56

Dra. Nayara

Dra. Gislayne Araújo Martins - CREFITO 3/93.862-F

Dra. Alessandra Toloto - CREFITO 3/133.833-F